Music Video:FIDELITY (by Regina Spektor)

Music Video Code provided by Video Code Zone

Resumo aqui meus pensamentos, descobertas, frustrações, alegrias, tristezas, desejos... escrever para mim é terapia.

segunda-feira, 25 de dezembro de 2006

Natal da Tortura

O que será isso?
Um castigo... de que?
Bom eu fiz meu pé na quinta-feira passada, cortei a unha do dedão que não ficou lá essas coisas, sexta-feira ela estava doendo... o dedo começou a inchar e eu resolvi tomar remédio e fazer curativo.
Bom... todos esses dias ela doía muito...
Só que hoje o meu pé começou a ficar preto... primeiro roxo depois... começou a me assustar.
Até que eu saí correndo para o Hospital liguei para lá perguntei se tudo bem se eu fosse, se teria atendimento, e coloquei qualquer roupa e um chinelo de inverno e fui pegar o trem.
A estação de trem fica a 4 minutos a pé de casa, tomei o trem.
Bom lá eu peguei um táxi e fui para o Hospital, chegando lá contei o que acontecia, me explicaram o lugar para onde eu deveria ir e lá fui eu esperar.
Esperar para a tortura.
Até que me chamaram... e eu entrei.
Falei com o médico, e ele começou a “arregaçar” meu dedo para ver se tinha algo lá dentro, assim aquele dedo que eu nem podia encostar.
Logo ele colocou um remédio que ardeu até a minha alma e eu gritei!
Até que começou a tortura sem anestesia nem nada, assim a sangue frio, ele pegou um tipo de pinça bem grande e fina e ficava enfiando por baixo da unha e procurando algum pedaço de unha... e eu comecei a gritar que nem uma louca “- Itai! Itai! Honto Itai Yo!”
O que era aquilo, a enfermeira uma senhora japonesa me segurou para eu não puxar o pe e nem colocar a mão...
Até que ele acabou... e me mandou comprar remédio e não mexer mais...
Eu pedi desculpas pelo escândalo que dei... mais não teve jeito, eles também pediram desculpas, disseram que entendem pois realmente dói mesmo.
Peguei um táxi de volta.
Bom comprei os remédios e tomei.
Aí quando cheguei em casa, eu que não saio daqui, encontro o papel dos Correios dizendo que vieram entregar alguma coisa, liguei lá e pedi para entregarem novamente, agora é esperar.
Que Natal hein... esse eu prefiro esquecer!

6 Comments:

Blogger giselle said...

Oi Annie! Que coisa, hein? Já eu tentei tirar proveito da situação, já estou há muito tempo aqui, se todo Natal eu ficasse deprê, já viu. Mas não esquenta, do jeito que voc6e fala ano que vem vc vai estar no Brasil curtindo um calor bom de final de ano! Um beijo e até o ano que vem!

25/12/06 08:04  
Anonymous andrea said...

Oi amiga, sempre bom conversar com vc viu? Apareça mais =]
PUTZZZZ fiquei imaginando a dor meninaaaaaaa....igual qd fui ao dentista aqui, ninguém merece!!!! Mas graças a Deus já está tudo bem!!!!
beijocas

25/12/06 09:25  
Anonymous Anônimo said...

Olá fofinha!
Acredito que nesta altura devas andar mais em baixo, porque estamos no Natal, o que significa que estamos num feriado familiar!
Pensa positivo e lembra-te que esta é só uma fase. Vais ver que estes pequenos sacrificios depois vão trazer algumas benesses!

Quanto ao dedito! Espero que estejas melhor...porque eu ao ler o teu post sofri contigo!
Beijinhos
Bom Natal

25/12/06 09:35  
Anonymous aline said...

amiga nossa que "delicia" eu bem sei o que é isso e como doi,devia ter pus dai anestesia não pega é a sangue frio mesmo...
agora to legal mas tb tive mal,guase e por muito pouco não acontceu de eu tentar o suicidio,desisti mesmo de viver...agora to vijiada e tudo que falo meu pai já me olha querndo saber se há segundas intenções...
beijos e um ano novo muito melhor

25/12/06 16:37  
Anonymous Cristy said...

OI Annie
menina que tortura mesmo ,ter problemas na unha nao è mole nao ,uma vez por causa de um fio d cabello perto da unha do pé ,que atè hoje nao sei como aconteceu ,inchou talmente tanto que meu pè ,parecia uma bola !!! pensa amiga tive que ir pro hospital e fazer uma mini cirugia no dedao do pè !!!,passei uma semana a casa.
Bom espero que esteje um po melhor ,te desejo um feliz natal e muita muita saude.
beijos

25/12/06 23:37  
Anonymous Luciana said...

Oi Annie, obrigada pela sua visita no meu blog. ah! Passamos por cada momento, quando estamos morando fora do nosso pais. Eu imagino vc no medico explicando para ele em japones e com dor. Estes momentos que percebemos que sabemos o idioma. Temos de controlar a raiva ou dor e ao mesmo tempo pensar o que falar.
Espero que vc esteja melhor e se cuide ai!
Um abraco, Luciana
ah! Feliz 2007 com muita paz, amor e saude!
Um abraco, Luciana

26/12/06 18:25  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home